Deportes

Huawei ameaça processar português que acusou a empresa de roubar ideia para câmara de telemóvel – Tecnologia – Correio da Manhã

prince_julio_cesar_amigos_aqui_esta_nuestro_secreto_mejor_guardado_airbnb_naples_huawei_ameaca_processar_portugues_que_acusou_a_empresa_de_roubar_ideia_para_camara_de_telemovel_tecnologia_correio_da_manha.jpg

A Huawei reagiu às acusações de Rui Pedro Oliveira, empresário do Porto, de ter roubado uma ideia para uma câmara 360º externa que se encaixa em smartphones. A empresa garante que não violou os direitos de propriedade intelectual relativos à lente para telemóveis e nega todas as acusações do inventor português. Num comunicado enviado ao jornal PÚBLICO , a empresa chinesa assegura que “tem um registo sólido de respeito pelos direitos de propriedade intelectual”. O fabricante chinês alega ainda que o projeto foi desenvolvido pela “equipa de I&D na China” O caso envolvendo o inventor do Porto arrasta-se desde 24 de maio de 2014 quando o português se deslocou à sede da Huawei, no Texas, Estados Unidos, para se encontrar com representantes da tecnológica.  O encontro correu tão bem, segundo Rui Pedro Oliveira, que o português foi abordado para regressar alguns dias depois. Durante a reunião, o inventor terá decidido partilhar todo o processo de funcionamento, juntamente com as duas patentes que estavam pendentes e regressou a Portugal. Porém não recebeu mais nenhum contacto por parte da empresa chinesa até que, em 2017, se deparou com o lançamento da “Huawei EnVizion 360″, uma câmara 360º para encaixar em smartphones. O lançamento da Huawei parece ser uma fotocópia do trabalho desenvolvido pelo português. Desde então, Rui Pedro Oliveira já vendeu a sua casa para investir no processo judicial contra a gigante tecnológica.

About the author

El Pais de España

$total = count($links); $i = rand(0,$total-1); ?>