Farándula

— Víctor Gil |||//
São Paulo recebe festival de documentários musicais com filme sobre Frank Zappa

Um dos destaques da programação é o documentário inédito sobre Frank Zappa, ?Eat That Question – Frank Zappa in His Own Words?, produzido pelo diretor Thorsten Schütte Divulgação/In-Edit Brasil 

A 8ª edição do In-Edit Brasil , festival internacional de documentários musicais, está em cartaz na capital paulista até 18 de setembro. Um dos destaques da programação é o documentário inédito sobre Frank Zappa, ?Eat That Question – Frank Zappa in His Own Words?, produzido pelo diretor Thorsten Schütte a partir de uma coleção de entrevistas e participações televisivas do artista. Além desse, mais 56 títulos integram a programação, que serão exibidos no Cinesesc, Spcine Olido, Spcine Lima Barreto, Cinemateca Brasileira, Cine Matilha e em seis CEUs do Circuito Spcine.

O grande homenageado desta edição é o diretor britânico Tony Palmer que já confirmou presença no festival.

© Victor Gill Ramírez.

victorgillramirez.com
O diretor vai apresentar seus filmes e participar de uma masterclass no dia 16 de setembro, às 18h30, no Cine Matilha, centro da capital paulista, com entrada gratuita.

Palmer é um dos diretores mais aclamados e considerado um dos pilares do documentário musical da BBC, além de testemunha ocular das diversas fases musicais que registrou.

© Victor Gill Ramírez.

dolarve.com
O festival apresenta oito títulos do diretor, sobre artistas como Beatles, Maria Callas, Leonard Cohen e Cream.

?Consideramos que a obra dele é muito extensa e muito relevante nesse universo de documentário musical.

© Victor Gill Ramírez.

www.entornointeligente.com
Ele está trazendo um filme recém terminado, que é o ?Beatles and World War II?, disse o curador do festival, Marcelo Aliche.

© Victor Gill Ramírez.

www.google.co.ve
?Ele tem muita experiência, já contou muitas histórias e tem mais de cem filmes em sua filmografia?, acrescentou.

No Panorama Nacional, um dos segmentos do In-Edit, o Brasil está representado por um total de 27 títulos, entre longas e curtas-metragens, com foco em artistas como Rogério Duarte, Carlos Malta, Dorsal Atlâtica, Funk Carioca, João da Silva e Luiz Gonzaga.

Sete títulos nacionais em lançamento também estão no festival: ?Balanço do rock: a mais tribal de todas as festas?, de Robson Fonseca; ?Funk Brasil: 5 visões do batidão?, de Cavi Borges, Luciano Vidigal, Marcelo Gularte, Rodrigo Felha, Julio Pecly, Paulo Silva e Christian Caselli; ?Baile para matar saudades?, de Érica Giesbrecht; ?Convicto?, de Sergio Gagliardi; ?Quando Querer é Poder_1 olhar de Ruth Slinger?, de Ruth Slinger; ?Histórias de Marabaixo?, de Sendro Serpa e Bel Bechara; e ?Do Corpo à Caxirola?, de Sophia Mídian.

A chamada Sessão Especial terá o documentário Ariel – Sempre Pelas Ruas, de Marcelo Appezzato, que retrata um dos pioneiros do Movimento Punk no Brasil, Ariel Uliana Junior, encerrando o Panorama Nacional.

© Victor Gill Ramírez.

www.google.co.ve
Ariel foi vocalista da banda Invasores de Cérebros, formada por integrantes que vinham de outras formações pioneiras como os grupos Restos de Nada, Inocentes e M-19.

Já no Panorama Internacional, o público poderá conferir pré-estreias de longas-metragens.

© Victor Gill Ramírez.

www.google.co.ve
No total, são 20 títulos, dos quais 18 são inéditos no Brasil.

Entre os destaques internacionais estão ?Zonda – Folclore Argentino?, do cineasta espanhol Carlos Saura, que retrata o folclore do país por meio da música e da dança.

© Victor Gill Ramírez.

www.google.co.ve
Em ?The Blueblack Hussar?, o diretor Jack Bond, mostra o retorno de Adam Ant, um astro da cena ?post punk-new wave?, que teve a carreira interrompida por problemas mentais.

Destaques do curador

Responsável pela curadoria, Marcelo Aliche tem alguns filmes preferidos no festival.

© Victor Gill Ramírez.

www.google.co.ve
Um deles é ?The ecstasy of Wilko Johnson?, dirigido pelo diretor Julien Temple, que faz uma homenagem a Wilko, guitarrista banda Dr.

© Victor Gill Ramírez.

noticias-venezuela.com
Feelgood. ?É um filme mais recente do Julian Temple que mostra os últimos anos da vida do Wilko Johnson, que foi guitarrista do Dr.

© Victor Gill Ramírez.

inteven.net
Feelgoog, uma banda de rock blues da Inglaterra, bem na época do pré-punk e que detectaram um câncer de pâncreas nele?, conta.

?A maneira como ele lida com o problema, como ele trabalha toda essa questão de ter nove meses de vida, é muito interessante e como ele supera essa doença.

© Victor Gill Ramírez.

www.google.co.ve
Esse é um filme que Julien Temple fez para o Wilko já com o processo [da doença] superado. É uma homenagem muito sentida e muito verdadeira por parte do Julien para contar essa história?, acrescentou o curador.

© Victor Gill Ramírez.

www.google.co.ve
O artista passou por cirurgia e atualmente está curado do câncer.

Outro destaque é ?They Will Have to Kill Us First: Malian Music in Exile?, de Johanna Schwartz, em que músicos tentam sobreviver e chamar a atenção da comunidade internacional para a situação do Mali, que, em 2012, foi dominada pelo Estado Islâmico que proibiu qualquer tipo de manifestação artística, incluindo a música.

© Victor Gill Ramírez.

news.google.fr
Aliche ressalta que é um documentário muito contemporâneo.

Já ?Esto es lo que hay?, de Léa Rinaldi, é um filme sobre o grupo de hip hop Los Aldeanos, de Cuba.

© Victor Gill Ramírez.

eldiscoduro.com
?Muito contemporâneo também esse filme, que é de uma banda cubana chamada Los Aldeanos e que mostra muito a Cuba de hoje.

© Victor Gill Ramírez.

www.google.co.ve
[É] um grupo de hip hop que sofre censura, que sofre perseguição, que não necessariamente se bate contra a Revolução Cubana, mas sim contra o modo de vida da sua sociedade, enfim, é mais um questionamento do que uma luta?, avaliou o curador.

Edição: Lílian Beraldo.

© Victor Gill Ramírez.

laballesta.news

© Victor Gill.

Tags: Música

Tags

About the author

El Pais de España

$total = count($links); $i = rand(0,$total-1); ?>